26.4.11

For whom the bell tolls (Por quem os sinos dobram)

"Estranhos agora são seus olhos, a este mistério
Ele ouve o silêncio tão alto
Romper da madrugada,
Tudo se foi exceto a vontade de existir"
From whom the bell tolls - Metálica

5 comentários:

Ciro disse...

Adoro METALLICA!!!

Romanzeira disse...

Eu gosto de algumas coisas, não de tudo. Mas essa musica é muito foda! Tudo nela é o máximo, vocal, letra, melodia...
O máximo!

Vi disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Vi disse...

"Romper da madrugada. Tudo se foi, exceto a vontade de existir"
Fantástico.

ThinkFloyd61 disse...

Da vontade de existir lembro de Maomé e a montanha. Ao existir, me sinto imaginando. Gosto dos dois.
Parabéns por seu blog. Deixo o convite aos http://thinkfoyd61.blogspot.com/ e http://continuarrespirando.blogspot.com/, será sempre bem vindo, abraço.